GAECO de Uberlândia deflagra a Operação Voto Livre em Araguari

O MP Eleitoral de Araguari, junto com o GAECO de Uberlândia/MG deflagraram nessa manhã a Operação Voto Livre, na cidade de Araguari.

A investigação apura a compra ilegal de votos de eleitores da cidade, praticada por partidos políticos e candidatos, por meio da contratação de pessoas para trabalharem como fiscais nas eleições municipais.

Segundo a apuração, alguns candidatos e partidos políticos estariam captando ilegalmente votos de eleitores por meio de pagamentos que simulavam a remuneração por suposto trabalho como fiscais nas eleições.

A prática, além de imoral, é prevista como crime pela legislação eleitoral (artigo 299 do Código Eleitoral), com pena cominada de até 4 (quatro) anos de prisão, além de configurar infração cível-eleitoral do artigo 41-A da Lei das Eleições.

Estão sendo cumpridos 09 (nove) mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Eleitoral.

Todos os mandados cumpridos foram em Araguari, onde um candidato foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *