Vereadores de Araguari são alvo da Operação ‘Fura Fila’ do Gaeco

Agentes públicos e políticos da Câmara Municipal e Prefeitura de Araguari são alvo da Operação “Fura Fila”, desencadeada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) nesta sexta-feira (11).

São investigadas pessoas que facilitam marcações de exames, consultas e procedimentos médicos eletivos, de média e alta complexidade, de pessoas indicadas pelo grupo criminoso, sem obedecer a ordem cronológica de entrada de usuários no Sistema Único de Saúde (SUS), determinado por lei.

Remédios apreendidos na casa de um vereador durante Operação ‘Fura Fila’ em Araguari — Foto: Gaeco/Divulgação

Segundo informou o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), dos 17 vereadores que integram o legislativo municipal, 13 são alvo da operação.

São cumpridos 43 mandados de busca e apreensão, sendo 41 em Araguari, entre eles 13 em gabinetes, além de dois em Uberlândia.

Participam da operação 115 policiais militares, dois policiais civis, servidores da Receita Estadual e promotores de Justiça.

* Reportagem em atualização

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: